DICAS PARA COMPOR A CESTA

1- Observações importantes para a escolha dos alimentos para compor as cestas:

 

a) deve ser verificado o número médio de Familiares que utilizará os produtos de cada cesta, isto para os quantitativos necessários de arroz, feijão, óleo, etc.

 

b) verificar as especificações dos produtos quanto à propriedades nutricionais (ingredientes, valor calórico, proteínas, carboidratos, lipídios, ferro, cálcio, vitaminas);

 

c) solicitar amostras, bem como consulta acerca das marcas preferidas, principalmente dos produtos café, feijão e arroz, para, assim, proporcionar plena aceitação das Cestas.

 

2- Orientação para a correta armazenagem e conservação da qualidade dos produtos:

 

a) quando do recebimento da Cesta, o Colaborador deve proceder o correto transporte, e, ao chegar à residência imediatamente retirar os produtos, colocando-os em local seco e arejado. Tal procedimento é muito importante, pois o clima e a umidade podem estragar os produtos.

 

b) muito importante também é que o Colaborador armazene os produtos de acordo com a data de fabricação, consumindo primeiro os que já possui e depois os novos recebidos, averiguando sempre a data de validade das embalagens;

 

c) no caso de produtos perecíveis, como por exemplo a margarina e a maionese, manter sempre na geladeira e consumir no prazo determinado pelo fabricante;

 

d) quanto aos produtos que não forem consumidos em uma só utilização, a exemplo: como o café, o açúcar, a farinha, o arroz e o feijão, vedar muito bem a embalagem para evitar possíveis contaminações.

 

3- Economia :

 

a) nem sempre a preferência por marcas indica o melhor produto, pois produtos que não despedem grandes valores para propaganda e marketing também possuem ótima composição nutricional e qualidade;

 

b) a embalagem caixa de papelão atribui melhor forma de transporte dos Alimentos na forma de Cestas, assim, o fardo, apesar de facilitar a visualização dos produtos, dificulta o transporte , sendo questionável o custo-benefício.

 

4- Novidades e alerta :

 

Dicas para uma Alimentação Equilibrada :

 

A Pirâmide dos Alimentos é um guia de alimentação considerado um modelo importante de alimentação saudável. A Pirâmide foi desenvolvida para uma alimentação com qualidade e quantidade adequada de nutrientes para um indivíduo saudável, protegendo de deficiências ou de excessos nutricionais.

 

A Alimentação Equilibrada ou Balanceada é aquela que oferece numa mesma refeição pelo menos um alimento de cada grupo (Energéticos, Construtores e Reguladores), pois assim conseguimos todos os nutrientes que nosso corpo precisa para viver em harmonia.

 

Com o consumo variado de alimentos obtemos um equilíbrio de nutrientes indispensável para satisfazer nossas necessidades fisiológicas.

 

Os alimentos possuem funções diversas no organismo, para isso, dividem-se em três grandes grupos, de acordo com a sua funcionalidade.

 

Alimentos Energéticos - Fornecem Energia.

 

O corpo precisa de energia para andar, pensar, trabalhar, brincar e para atividades que até dormindo não podem parar, como por exemplo: respiração, batimentos cardíacos, circulação do sangue, entre outras. Em todos os alimentos podemos encontrar energia, porem existe um grupo que fornece energia em maior quantidade, esse grupo de alimentos damos o nome de Energéticos, exemplo: óleo, manteiga, margarina, açúcar, mel, pão, cereal matinal, biscoito, bolo, arroz, macarrão, milho, batata, mandioca, manquioquinha, farinhas, e outros.

 

Alimentos Construtores - Auxiliam no Crescimento e Restabelecimento dos Tecidos.

 

O nosso corpo tem capacidade de fazer reparos, como a cicatrização de ferimentos, alem de construção dos ossos, cabelo, unhas, dentes, pele e outras partes. Da mesma forma, quando cortamos as unhas e os cabelos, eles continuam a crescer. Os alimentos que fornecem os nutrientes necessários para essa tarefa são chamados de construtores, exemplo: carnes em geral, leite e derivados, ovos, feijão, ervilha, peixe, entre outros.

 

Alimentos Reguladores - Regulam o Funcionamento do Corpo

 

O organismo necessita de nutrientes para regular seu funcionamento, prevenir certas doenças como gripe e resfriados e para ajudar na digestão dos alimentos. Os nutrientes reguladores são as vitaminas (A,B,C,D,E,K,etc) e os minerais (ferro, cálcio, sódio, potássio, zinco, etc), esses alimentos são: todas as frutas, legumes e verduras.

 

Adotar bons hábitos alimentares é o início de uma vida saudável !!!

Copyright © 2018 Comercial João Afonso - Mais de 35 anos de experiência e credibilidade.